Dicas de Decoração

Cortinas certas para sua casa, saiba escolher

Dicas de decoração
Cortina de tecido

Na hora de escolher a cortina para sua sala de estar, sala de jantar ou quarto, você já pensou em tudo que esta escolha inclui? Quando falamos em cortinas de tecido, existem 4 itens muito importantes que você DEVE se preocupar e se informar bastante. Cada escolha leva a um resultado final que vai influenciar diretamente no caimento e entrada de luz no seu ambiente. Então vamos conferir juntos essas dicas de decoração que vão salvar sua vida quando se fala em cortinas.

cortina em tecido
Cortina em tecido Fonte: Pinterest

1- Barra

2- Prega

3- Forro

4- Comprimento

 

 

Costumo dizer que a cortina é a roupa da casa e uma casa sem cortina não está completa. Ela serve não somente para trazer privacidade, mas também para proteger os seus móveis dos efeitos das luzes solares e para emoldurar a sua vista. Afinal o que emoldura a vista não é a janela e sim a cortina, tem dúvidas, confere ali embaixo na nossa galeria.

O uso do ambiente deve ser sempre levado em consideração para não danificar sua cortina. Por exemplo, não gostamos de indicar cortinas em tecido para ambientes com muita gordura, vapor ou fumaça. Ou seja, em cozinhas, churrasqueiras, banheiros ou ambientes com banheiras é melhor que você use persianas que são mais resistentes à cheiro e à mofo.

1.Barra

Voltando às nossas queridas cortinas de tecido, a primeira decisão que você vai precisar tomar é sobre a barra. Elas podem encarecer ou baratear sua cortina pois dependendo da sua escolha vai precisar de muito mais tecido. Eu sempre sugiro que você gaste bastante agora para depois economizar, como assim? Eu te explico.

Cortinas de tecido
Cortinas de tecido

Se você foi morar em um apartamento de aluguel que não possuía cortinas e teve que mandar fazer uma para aquele espaço. A dica mais valiosa aqui é, faça a barra bem alta, com pelo menos 30 cm de altura. Assim caso você se mude novamente para outro apartamento que tenha uma altura entre o piso e o teto maior do que seu apartamento anterior, você não vai precisar fazer uma cortina nova, simplesmente ajustar a barra. Melhor né? Temos que pensar em tudo mesmo.

Além disso, mesmo que você não more de aluguel, aqui no escritório a gente gosta de indicar barrados bem largos, afinal na minha opinião fica mais elegante e com mais presença. Então considere assim, para um pé direito normal de apartamento (que estimamos entre 2,5m e 2,7m) a gente usa o barrado de 30cm, e a medida que o pé direito aumenta, o barrado aumenta também, chegando num máximo de 60cm.

Se você estiver disposto a ousar, da para fazer um barrado de outra cor, ou algum tipo de costura diferente. Para cortinas mais leves eu sempre uso a costura palito, fica aquela cara deliciosa de praia.

2. Prega

Cortinas de tecido
Cortinas de tecido

E essa prega é aquele item que tanto dá nó na cabeça das pessoas. Aqui você vai tomar a sua decisão pensando sempre em dois itens, volume e caimento.

Por que você deve se preocupar com volume da cortina? Muitas vezes temos móveis próximos da cortina que dependendo do volume da mesma podem cobrir portas ou gavetas. Para isso sempre escolhemos pregas que deixem a cortina mais “achatadinha”.

Se você tiver medo de escolher, então segue a gente aqui, eu sempre indico a prega macho, que fica com um caimento bem uniforme e um volume médio (porque não gosto de cortina mirradinha).

A prega também é um item que vai influenciar diretamente no valor da sua cortina pois ela nada mais é do que uma dobra de tecido, ou seja, algumas dobras vão precisar de muito mais tecido que outras. Então se quando você orçar sua cortina e não gostar do preço, troque a prega e já vai ver diminuir consideravelmente o valor.

3. Forro

Existem 3 opções de forro para sua cortina de tecido. Para decidir qual usar primeiro tem que pensar na sua função, onde ela está colocada. Por exemplo, quando faço living e sala de jantar, costumo não usar o forro para que a luz entre livremente pelo tecido com transparência, fica aquela sensação de ambiente leve e com energia muito positiva. Afinal a claridade do seu ambiente tem tudo a ver com a energia que ele emana. Então se não tiver necessidade eu NÃO uso forro.

Agora se você vai querer assistir televisão e a bendita está em um lugar que reflete a janela, não tem jeito, aí eu costumo indicar que você coloque um forro sim, para bloquear mais a incidência da luz. Lembrando sempre que sala não é lugar para colocar blecaute a não ser que você seja um vampiro. (PRONTO FALEI)

Agora o blecaute, esse tem seu lugar e é no quarto, para vedar bem a luz do sol, existem opções com porcentagens de vedação de 70% a 100%, no meu quarto eu fiz uma coisa diferente, eu usei uma cortina de voal pertinho da janela e na frente dela eu fiz um blecaute 70% com aparência de linho que quando está aberto parece um xale e eu posso deixar a cortina fechada por trás filtrando a luz, ficou super charmoso.

Outra questão é o tipo de prega que se usa no forro, novamente ali você vai ter que pensar bastante no volume, para cortinas mais volumosas usamos o forro com prega e para cortinas mais baixinhas a gente faz o forro com uma medida e meia totalmente sem prega, a escolha é sua.

4. Comprimento

Costumo dizer que o comprimento é escolha do cliente, mas vou contar para você qual é o maior NÃO entre arquitetos e designers quando se trata de cortinas:

“CORTINA DE TECIDO CURTA NÃO FICA BONITO.”

Se o cliente bater muito o pé a gente até faz, mas primeiro a gente orienta a por favor não fazer, porque a cortina nunca vai vedar bem a janela e ela ser curta fica com essa sensação de que ela ta voando sem um acabamento correto.

Falando nisso, eu pessoalmente não gosto quando deixam a cortina afastada 1cm do piso por conta de limpeza, por que a minha opinião é essa? Primeiramente, a cortina vai estar em cima de um piso que acreditamos que vai ser limpo pelo menos uma vez por semana e não é um lugar de tráfego grande então não vai sujar tanto assim, pode ficar tranquilo. Segundo item é que se por um acaso o piso estiver torto a cortina vai evidenciar e muito e por último, a cortina não vai dar acabamento e vai parecer que está voando como eu já disse da cortina curta, então pensa com carinho antes de tomar essa decisão ta.

 

Confira aqui mais inspirações lindas de cortinas para a sua casa.

Quer saber mais sobre cortinas, confira no nosso canal do Youtube

 

Gabriela Saraiva Accorsi é arquiteta de interiores e CPO da La Decora, o site que vai decorar sua casa de acordo com seus sonhos.

Deixar um comentário

4 comentários

  1. Ola minha sala é escura uma cor tipo cimento queimando porem compre uma cortina nude e naõ caiu muito bem ..devido o rack preto e ainda comprei um tapete preto me ajude por favor

    Daniele - 9 de novembro de 2018
    • Olá Daniele, tudo bem? Pode ser pelo fato de você ter uma base cinza e sua cortina puxar para o bege, não ornando com o ambiente! Sugerimos que compre uma cortina em tom cinza, talvez somente isso resolva seu problema. Caso quiser uma solução mais aprofundada podemos efetuar a consultoria de seu ambiente. Agradecemos seu contato. Abraços.

      La Decora - 9 de novembro de 2018
  2. It’s truly a great and useful piece of information. I’m satisfied that you shared this helpful information with us. Please stay us informed like this. Thank you for sharing. aekbebacefgf

    Johnk829 - 9 de novembro de 2018